4 dicas para uma decoração minimalista

| | 19 de fevereiro de 2014


02H78711-640x460

Você sabe o que é minimalismo? Antes de conferir como você pode apostar nesta ideia para sua decoração, é importante ficar por dentro do conceito que esta expressão carrega. O chamado minimalismo é um movimento artístico do início dos anos 1960 que se manifestou em diferentes áreas como artes visuais, design e música. A reflexão aborda a busca por excluir excessos e adotar o mínimo de recursos e elementos, seja numa obra de arte ou na design de ambientes – o que faz muito sentido quando se fala de decoração.

No design de interiores, o estilo minimalista tem como premissa principal aliar a estética à funcionalidade. Para isso, a proposta é deixar o cômodo o mais despido possível para que se possa sentir melhor o espaço ocupado. Pronto para adotar uma decoração minimalista? Preparamos um guia com ótimas dicas, confira:

1. Primeiro passo: desfazer de tudo o que você não precisa

No minimalismo, menos é mais.Você que pretende aderir à este estilo de decoração, aproveite o momento e faça uma limpeza geral em seu ambiente, valorizando a qualidade e não a quantidade. Abra mão de itens que não apresentam nenhuma funcionalidade prática, principalmente aqueles que ficam expostos à visão. Evite objetos que só tem a função de encher o espaço, aposte em poucos móveis e o mínimo de peças adornais nos ambientes. Os objetos de decoração não podem chamar mais atenção do que o espaço como um todo. Por isso, escolha apenas uma peça de destaque para impacto.

2. Móveis: poucos, mas de bom gosto

No minimalismo, as peças de decoração não são a principal forma de constituir o ambiente, certo? Desta forma, os próprios móveis assumem o papel de elemento decorativo. São eles que darão aquele toque de elegância ao ambiente, principalmente se forem multifuncionais e eficientes. Por serem poucos – porém de grande importância – todos os móveis escolhidos devem ser de bom gosto para causar uma boa impressão. Por isso, invista em móveis com design arrojado e original!

3. Prefira um esquema de cores frias

Branco, preto, cinza e alguns tons pasteis, como bege e verde claro, são cores frias que caracterizam muito bem o estilo minimalista. A cartela de cores pode ser empregada em móveis, paredes, pisos e acessórios decorativos como almofadas e tapetes.

Entretanto, isso não quer dizer que outras cores não possam ser usadas em pequenas quantidades para não interferir na proposta minimalista. Optar por uma cor vibrante em uma das paredes, um adorno ou um móvel proporcionam uma nova dimensão visual para seu cômodo.

02H78585-640x460

4. Aposte nos materiais adequados

A escolha dos materiais é essencial para garantir um ambiente requintado, já que tudo está bem exposto à visão. Neste estilo, os materiais mais usados são vidro, granito, mármore, cromado, madeira e inox. O cuidado com a qualidade deve ser desde o acabamento, que inclui pisos, janelas e portas. Espelhos, vidros e portas de correr são boas apostas que garantem amplitude ao espaço. Por sua vez, as texturas devem ser pensadas para harmonizar o ambiente como um todo, de acordo com os elementos que constituem a decoração.

Minimalismo lifestyle

Você já percebeu que ambientes cheios e muito coloridos provocam uma sensação de desconforto e agitação? A proposta clean do estilo minimalista pronuncia o contrário: os espaços que se enquadram neste cenário trazem tranquilidade e bem estar. Desta forma, a ideia é que seus cômodos transmitam uma impressão de amplitude, de mais organização e clareza.

Além de tudo, com pouco mobiliário, torna-se mais fácil deslocar os móveis para a limpeza, sendo que um espaço minimalista provavelmente terá menos bagunças e objetos fora do lugar. Além de promover um dia a dia mais prático, a sofisticação e o conforto farão parte do seu estilo de vida!

E aí, começou a considerar a ideia de uma decoração minimalista para sua casa ou escritório? Você já conhecia este estilo aplicado ao design de interiores? Deixe seu comentário e nos conte sua opinião!

Tag: , , , ,

Comentários estão fechados.