Fases do acabamento: cuidados antes de comprar o piso

| Deixe um comentário | 8 de novembro de 2017


Decidir qual piso colocar na casa pode parecer uma tarefa simples, mas não se engane: é preciso ir muito além da estética. Os cuidados vão desde a preparação do contrapiso à escolha do material ideal para cada tipo de ambiente

Está construindo ou reformando a sua casa e ainda não escolheu o piso? Para te ajudar nessa tarefa, e dando continuidade à nossa série “Fases do Acabamento”, ensinamos aqui alguns cuidados que você deve ter antes de comprar o piso. Confira!

 

Material x cômodo

O piso que você quer é indicado para o ambiente em questão? Essa é a primeira pergunta que você deve se fazer. Cada material possui propriedades físicas distintas, e aquele piso que fica maravilhoso na sala pode se tornar um desastre se colocado no banheiro.

Nível de absorção de água, resistência a tráfego e abrasão, tudo isso deve ser levado em conta. Por exemplo, a cozinha, um ambiente úmido e exposto à gordura, pede um material resistente e fácil de limpar, como o porcelanato esmaltado. Já em varandas ou áreas de lazer, os pisos antiderrapantes e rústicos são uma melhor escolha.

Lembre-se: escolhendo o piso certo para cada ambiente, você garante a longevidade do material, além de evitar o desgaste futuro. Confira aqui as características dos principais tipos de piso.

 

Desconfie de pisos baratos demais

Conhece aquele ditado, “quando a esmola é demais o santo desconfia”? Pois é, economia é sempre bem-vinda, mas olho aberto: desconfie de preços muito baixos. De nada adianta comprar um produto de má qualidade e depois ter prejuízos maiores devido à necessidade de substituição.

Procure saber a procedência do material, a reputação da marca e a opinião de outros consumidores.

 

Atente para às medidas

Geralmente, as despesas com piso equivalem a 3% dos custos totais da obra, e ter atenção às medidas é uma boa maneira de evitar desperdícios. É importante calcular a quantidade exata necessária para a área, o que você pode fazer com a ajuda da nossa calculadora de pisos, e acrescentar a essa metragem um extra de 10% a 15%.

Essa reserva é importante para o caso de perdas por corte errado ou avarias durante a obra, e também para alguma necessidade de reposição futura – os fabricantes lançam novidades a todo o tempo, e você não corre o risco de ficar sem material caso o piso tenha saído de linha.

 

Decoração

O piso tem importância fundamental na decoração ou estilo que você deseja imprimir ao ambiente. Quer um espaço clássico, elegante? Porcelanato e mármore são ótimas opções. Quer uma decoração mais moderna? Que tal um revestimento de cimento queimado?

O mercado não para, e a cada dia surgem novidades no setor – o que não falta é opção para deixar a sua casa com o piso que você sempre quis!


Contrapiso

Não adianta caprichar no acabamento se por baixo o trabalho não está bem feito. Portanto, antes de comprar e, principalmente, assentar qualquer revestimento, lembre que o contrapiso é a base fundamental para uma boa instalação.

Para as peças do piso não se soltarem e o acabamento ficar perfeito, o contrapiso deve estar nivelado, áspero, e totalmente sem manchas ou trincas.

Pronto pra escolher o seu piso? Acompanhe nossa série ‘Fases do Acabamento’, com dicas e informações sobre cada etapa.

Tag: ,