O que é e como montar um quarto montessoriano

| Deixe um comentário | 13 de outubro de 2017


O Dia das Crianças está chegando, e que tal dar a seu filho um ambiente que estimule a sua autonomia e desenvolvimento? Essa é a proposta do quarto montessoriano.

Desenvolvida pela médica e educadora italiana Maria Montessori, e adotada em milhares de escolas mundo afora, a pedagogia montessoriana propõe a criação de ambientes mais criativos e que sejam estimulantes para o desenvolvimento infantil.

Assim, o quarto deve ser pensado sob o ponto de vista da criança, para que ela tenha acesso ao espaço e autonomia e liberdade para exercer suas capacidades de maneira espontânea e criativa, desde cedo.

 

Veja algumas dicas para montar um quarto montessoriano.

 

Cama baixa

 

 

Como o berço limita a criança, a cama deve ser baixa ou quase no chão. Assim, as crianças têm liberdade de ir e vir e explorar o ambiente.

A cama pode ser feita só com um colchão no chão – de preferência com um tapete ou placa de EVA por baixo, com palete ou outra estrutura de madeira. Se a criança for bebê, coloque almofadas de apoio ao redor, para ela não rolar.

 

Piso fofo

 

O tapete é um grande aliado do estilo montessoriano. Além de deixar o espaço mais aconchegante, evita que o colchão no chão fique gelado e serve como um piso mais macio para os primeiros e normais tombinhos das crianças que estão aprendendo a andar.

Uma ótima alternativa é montar o piso com placas de EVA, que são macias, estampadas em cor alegre e simples de limpar.

 

Tudo à mão

 

O quarto montessoriano preza pela funcionalidade, então nada de móveis ou aparelhos sem função. Os móveis, aliás, devem ter uma altura compatível com a criança. No lugar de armários, use nichos abertos, para que ela consiga pegar o brinquedo ou o livro que quiser. Mesmo as roupas devem ser dispostas em pequenas araras, ao alcance dos pequenos.

A ideia é que a criança se sinta à vontade para explorar o espaço e fazer suas próprias escolhas, além de já exercitar a organização, ao saber o lugar de cada item.

 

Decoração minimalista

 

 

Aliás, nada de muitos enfeites e brinquedos. O método montessoriano indica a prática de um rodízio dos brinquedos que compõem o espaço, a cada 15 dias.

Calma, você não vai precisar gastar dinheiro quinzenalmente – a ideia é guardar os presentes e os muitos brinquedos que as crianças costumam ter e usá-los nessa rotatividade. Assim, o pequeno vai ter tempo de descobrir cada item.

 

Barras

 

Instalar uma barra de segurança na parede, na altura das crianças, é uma ótima ideia para que os pequenos tenham autonomia e aprendam, com segurança, a ficar em pé e dar os primeiros passos.

 

Espelhos

 

Colocar um espelho é fundamental no quarto montessoriano, pois estimula o autoconhecimento. Se a criança for ainda bebê, você deve colocá-lo na horizontal, rente ao chão, e bem fixo na parede para que não caia. Quando a criança estiver andando você pode colocá-lo na vertical.

 

Paredes

 

Como o quarto montessoriano deve ir se adaptando conforme o crescimento dos pequenos, para deixar a decoração mais lúdica uma ótima dica é usar duas cores diferentes, separados por um rodameio.

A parede inferior pode receber tinta especial, como as magnéticas ou tipo lousa, para que a criança possa interagir com o espaço. A parte superior pode ser pintada com uma cor suave, ou então receber tecido ou papel de parede.

 

Luzes

 

Janelas amplas para a entrada de luz natural são fundamentais em um quaro infantil. A complementação deve ser feita com iluminação indireta, com a luz direcionada para teto e parede. Aposte em um dimmer para controlar a intensidade da luz, deixando o ambiente mais suave e agradável.

 

Segurança

 

Se escolher um ambiente que estimule a liberdade de seu filhote, é fundamental pensar em itens de segurança, principalmente para bebês: esconda tomadas, use móveis mais pesados, que não tenham risco de tombar, evite ou proteja quinas, evite vidros, e fixe bem o espelho na parede, para que não tenha risco de cair.

 

E você, o que achou das ideias? Conte pra gente.

Tag: ,