Tintas: qual a diferença entre cada tipo

| Deixe um comentário | 27 de outubro de 2017


Hora de escolher a tinta para dar vida nova ao seu lar? Saiba que a decisão não se limita à seleção de cores. Muito além da variação de tons, cada tipo de pigmento tem características próprias, que o torna mais indicado para determinada superfície.

Conheça qual a diferença entre cada tipo de tinta e acerte na escolha!

 

Acrílica

 

 

A tinta acrílica é uma das mais populares devido à ótima cobertura e resistência. Pode ser diluída com água, o que a torna de fácil utilização e lavagem. Tem secagem rápida e odor mais suave, podendo ser usada em espaços internos, externos e inclusive em áreas molhadas, como banheiros e lavabos.

Látex

Também chamada de tinta látex PVA, geralmente é a opção mais econômica. É usada quase que exclusivamente em áreas internas, sobre reboco, gesso e fibrocimento. É diluída em água, o que facilita a pintura e também a limpeza. Seca rapidamente e tem pouco odor. Mas atenção: o produto não é indicado para áreas molhadas ou que recebam chuva.

Verniz

Utilizada geralmente em madeira, a tinta verniz, que pode ser fosca ou com brilho, é incolor e age como uma camada protetora para a superfície. Sua aplicação deve ser feita com rolo de espuma poliéster ou pincel e trincha e, se utilizada na área externa, precisa ter protetor solar.

Esmalte

 

 

Tanto na versão sintética quanto na comum, é uma ótima alternativa quando se objetiva um acabamento de alta qualidade e com coloração forte. É possível encontrar tinta esmalte feita à base d´água, ou seja, versão mais resistente a intempéries como luz e chuvas.  Sua aplicação é recomendada para pintura de azulejo, madeira e metais.

Óleo

Disponível nas versões fosca ou brilhosa, a tinta óleo é muito utilizada na pintura de madeiras, ferros e paredes. Garante um ótimo arremate e possui base oleosa, o que auxilia na impermeabilização dos materiais. Lavável, também pode ser utilizada em ambientes externos.

Epóxi

Bastante resistente à abrasão e produtos químicos, a tinta epóxi é indicada para azulejos e cerâmica. Por sua durabilidade, é uma ótima escolha para pisos com grande circulação e garagens.

Stain

Apesar de não muito popular, é mais uma opção para a pintura de madeiras. Como é absorvida pelo material, não formando uma película por cima, tem como vantagem manter o aspecto natural da superfície.

Especiais

 

 

Além dos tipos citados, hoje os fabricantes oferecem uma gama grande de tintas especiais, como as de textura, antibacterianas, com efeito lousa, que atraem imãs, entre outras.

 

Tipos de acabamentos

 Fosco: ideal para quem não gosta de brilho e quer disfarçar pequenos defeitos ou irregularidades nas paredes e tetos.

Acetinado: tem um leve toque de brilho, sendo a opção intermediária entre fosco e semibrilho. Exige paredes bem niveladas, e é de fácil limpeza.

Semibrilho: acabamento de brilho intenso, por isso deve ser utilizado em superfícies bem acabadas e niveladas, já que revela os defeitos da parede.

 

Dica TendTudo: na hora da compra, atenção à classificação adotada pelos fabricantes. A categoria econômica é apenas para uso interno, já as classificações standard e premium são mais resistentes, sendo indicadas também para áreas externas.

 

Agora que sabe as diferenças entre as tintas, já escolheu a sua? Independentemente de qual a opção, conte com a Tend Tudo para encontrar uma linha de pintura completa.

 

Tag: ,